Eu pedalo para o trabalho praticamente todos os dias do ano. Mas nada que eu veja pode ser comparado com o que eu acabei de ver no Youtube pelas cavernas do que é conhecido como Springfield Underground.

Springfield Underground: Uma Pedalada para o Trabalho mais do que Incomum

Eu pedalo para o trabalho praticamente todos os dias do ano, mas nada que eu veja pode ser comparado com o que eu acabei de ver no Youtube pelas cavernas do que é conhecido como Springfield Underground. O vídeo recebeu o nome de Most Unusual Bicycle Commute on YouTube e esse título faz sentido já que eu nunca vi nada… Read More »Springfield Underground: Uma Pedalada para o Trabalho mais do que Incomum

Hoje de manhã, me deparei com um tweet que mencionava um experimento feito em alguma escola nos Estados Unidos. Uma professora resolveu pedir para que seus estudantes deixassem seus celulares no volume máximo para que ela pudesse coletar quantas notificações eles receberiam durante sua aula. O número de notificações pode ser visto no tweet logo abaixo.

Desligando Notificações e tomando controle do seu celular

Hoje de manhã, me deparei com um tweet que mencionava um experimento feito em alguma escola nos Estados Unidos. Uma professora resolveu pedir para que seus estudantes deixassem seus celulares no volume máximo para que ela pudesse coletar quantas notificações eles receberiam durante sua aula. O número de notificações pode ser visto no tweet logo abaixo.

Trials & Tribulations é, até agora, o único disco da dupla composta por Frederikke Hoffmeier do Puce Mary e Jesse Sanes Liebestod. O som do JH1.FS3 é um pouco diferente do que ambos andam fazendo sozinhos mas usa de referências em comum. Algumas vezes, eles descrevem o novo projeto como um cinema para os ouvidos devido ao apelo de refletir uma experiência fora do comum através de elementos que apresentam uma certa familiaridade.

Trials & Tribulations do JH1.FS3

Trials & Tribulations é, até agora, o único disco da dupla composta por Frederikke Hoffmeier do Puce Mary e Jesse Sanes Liebestod. O som do JH1.FS3 é um pouco diferente do que ambos andam fazendo sozinhos mas usa de referências em comum. Algumas vezes, eles descrevem o novo projeto como um cinema para os ouvidos devido ao apelo de refletir uma experiência fora do comum através de elementos que apresentam uma certa familiaridade.

A Night at the Garden é um curta documentário que acaba causando uma certa revolta interna desde seus primeiros momentos. E essa sensação só vai piorando enquanto você vai vendo situações quase surreais se desenvolvendo na sua frente. O horror ainda piora quando chega no final e você realmente entende o que acabou de assistir.

A Night at the Garden — um documentário de Marshall Curry

A Night at the Garden é um curta documentário que acaba causando uma certa revolta interna desde seus primeiros momentos. E essa sensação só vai piorando enquanto você vai vendo situações quase surreais se desenvolvendo na sua frente. O horror ainda piora quando chega no final e você realmente entende o que acabou de assistir. O filme em si mostra… Read More »A Night at the Garden — um documentário de Marshall Curry

For My Crimes é o último disco de Marissa Nadler, lançado em setembro de 2018. A sonoridade aqui é mais próxima do folk que ela toca há anos e foge um pouco das atmosferas de post-rock que ela explorou no seu disco anterior, Strangers. Acho que, por isso mesmo, esse disco acabou soando mais como um retorno do que como algo realmente novo.

For My Crimes da Marissa Nadler

For My Crimes é o último disco de Marissa Nadler, lançado em setembro de 2018. A sonoridade aqui é mais próxima do folk que ela toca há anos e foge um pouco das atmosferas de post-rock que ela explorou no seu disco anterior, Strangers. Acho que, por isso mesmo, esse disco acabou soando mais como um retorno do que como… Read More »For My Crimes da Marissa Nadler

A banda japonesa conhecida como Open Reel Ensemble encontrou uma forma diferente e bem única para fazer músicas. Eles usam daquelas fitas de gravações profissionais como elementos de percussão e criam sons bem diferentes e criam músicas de um jeito que eu nunca esperava escutar.

Como o Open Reel Ensemble faz música com fitas de áudio de gravação profissional

A banda japonesa conhecida como Open Reel Ensemble encontrou uma forma diferente e bem única para fazer músicas. Eles usam daquelas fitas de gravações profissionais como elementos de percussão e criam sons bem diferentes e criam músicas de um jeito que eu nunca esperava escutar. A banda é feita de Ei Wada, Haruka Yoshida e Masaru Yoshid emexiste desde 2013.… Read More »Como o Open Reel Ensemble faz música com fitas de áudio de gravação profissional