Mac vs PC

É sempre bom chegar naquela época da vida útil de um PC onde você não sabe se junta tudo que ainda funciona bem nele e tenta fazer um upgrade. Ou se pega o que existe e revende no Mercado Livre, e tenta comprar um totalmente novo com garantia. Mesmo sabendo que essa garantia não cobre o esoterismo que o Windows possui.

Meu histórico com PCs nunca foi dos melhores. O meu atual existe na forma que ele está hoje desde julho do ano passado. Isso porque acabei fazendo um upgrade de memória RAM e HD, mas deixei o processador e a placa mãe para mais tarde. Atualmente eu consigo perceber facilmente a falta deles. A lentidão na leitura de arquivos do Photoshop com um número excessivo de layers, além daquelas coisas “esótericas” que só um PC pode te presentear. Não foram poucas as vezes que eu reinicio ele e o processo entra em loop, parando apenas depois de seguidas tentativas de reiniciar de outras maneiras.

É cansativo e desgastante ter um PC como o meu. Você nunca sabe quando ele vai te deixar na mão ou se ele já fez isso e apenas não demonstrou sinais de fraqueza total. A minha sorte é que eu tenho um PowerBook. Não sei ao certo porque acabei transformando ele no meu computador secundário, talvez pela falta de dinheiro para fazer um upgrade de memória RAM nele, ou a minha esperança de conseguir fazer o meu PC funcionar corretamente. Mas agora parece que eu desisti.

Pelas contas que eu tenho feito, fazer o upgrade do PowerBook que possuo, custará menos do que comprar um processador bom e deixar o PC “estável”. Somando memória RAM com HD externo e Airport para o wifi chego ao valor aproximado, inferior ao que eu estava disposto a gastar no PC. Além de que me dá liberdade de adquirir um monitor de 19″ para uso como monitor principal, porque a tela de 12″ do PowerBook não chega a lugar nenhum.

Trocar de sistema permanentemente parece ser a solução plausível no momento e acho que esse é o caminho que pretendo seguir. Além de que o meu PC acabaria sendo reciclado nas mãos da minha Mãe que há alguns meses insiste em saber como ele compraria um para ela.

Ainda penso em qual seria a melhor solução. Reciclar meu PC com minha mãe e fazer o upgrade do PowerBook? Ou insistir no PC e continuar mantendo o PowerBook como secundário? Parece bem claro o que eu devo fazer.

Se em pouco tempo eu tentar vender um pente e um giga de RAM e mais um HD de 200g, você sabe o que aconteceu.

0 thoughts on “Mac vs PC”

  1. olha kra… eu fiz um upgrade legalzinho aqui em casa, só comprando processador e placa mãe…. hd tu jah tem, memoria de 400mhz tb…. eh soh compra um sempron 3000 ou 2800 com uma asus que suporte AGP e tah pronto.. tu nao precisa de uma placa de video melhor que a sua mesmo 😉

  2. O chato é a possibilidade constante dele dar pau.
    Pensei em ser moderno e catar um HD externo de 200 g e mais ram pro mac e dar o pc pra minha mãe. Vendendo o que presta dele, claro.

    Que que tu acha meu filho?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.