Nos últimos oito anos, Denis Villeneuve dirigiu sete filmes. E quando você pensa no orçamento e no tamanho dessas produções, cada uma foi maior que a outra. E assim, chegamos no seu último lançamento, Dune.

Como Denis Villeneuve encontrou sua voz no cinema

Nos últimos oito anos, Denis Villeneuve dirigiu sete filmes. E quando você pensa no orçamento e no tamanho dessas produções, cada uma foi maior que a outra. E assim, chegamos no seu último lançamento, Dune.

Durante o fim de semana, acabei assistindo um dos seus filmes e fiquei surpreso com a forma com a qual ele conta a história de irmãos que procuram saber sobre a história da mãe em Incendies. Foi com esse filme em mente que me deparei com um video criado pelo The Discarded Image falando sobre a filmografia desse cineasta.

Conheci o trabalho do Denis Villeneuve quando assisti Sicario em meados de 2015. A forma com a qual ele apresenta a realidade infernal e perturbadora dos cartéis de tráfico de drogas mexicanos e sua violência me deixou bem interessado nos seus filmes. Quando Arrival chegou aos cinemas, fiquei fascinado com a forma não linear que ele contou a história do filme. E, quando soube que ele iria trabalhar na sequência de um dos meus filmes favoritos de todos os tempos, Blade Runner, sabia que tudo daria certo.

Não cheguei a assistir Dune ainda, mas tenho expectativas boas baseado apenas na presença de Denis Villeneuve como diretor. Afinal, esse é um dos projetos mais complexos de ser adaptados para o cinema. E sei muito bem que a versão criada por David Lynch nos anos oitenta não chega nem próximo do que poderia ser.

Então, se tem um diretor que poderia fazer isso, hoje em dia, imagino que não poderia ser ninguém mais do que Denis Villeneuve. Principalmente após assistir o video que The Discarded Image montou sobre seu trabalho.

Como Denis Villeneuve encontrou sua voz no cinema

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.