blog.ftofani.com / Esse é o blog pessoal do Felipe Tofani. Onde ele escreve e comenta sobre tudo que acha interessante mas não necessariamente é.

Resonant Loops do Muqdisho

Saindo da exposição, resolvi disponibilizar a música que fiz e colocar tudo junto no meu perfil no Bandcamp. Resolvi chamar esse disco de Resonant Loops e acabei colocando o loop que enviei para o Museu Judaico, uma versão estendida desse loop que se repete sete vezes e a música original de onde eu tirei esse trecho. Usei uma das fotografias que fiz dentro da exposição como arte e pronto. Dessa forma, agora já tenho dois discos disponíveis no Bandcamp, algo completamente inesperado para mim.

Resonant Loops é o nome de um disco que disponibilizei no Bandcamp. Lá você pode escutar algumas variações de uma música minha que acabou indo parar dentro do Museu Judaico aqui de Berlim. É sério isso e vou explicar tudo um pouco melhor logo abaixo.

Há alguns meses, eu me deparei com um open call to Museu Judaico aqui de Berlim. Nesse open call, eles pediam trechos de músicas de até sessenta segundos que seriam inseridos em uma exposição do artista alemão Mischa Kuball. Chamada de Resonant, essa exposição iria usar de liz e de som para explorar a arquitetura de concreto de uma das áreas internas do museu.

Depois de pensar por alguns momentos, resolvi ver se alguma das músicas que eu estava compondo, sob o nome de Muqdisho, encaixariam nesse open call. Isso tudo aconteceu na mesma época que eu estava explorando algumas ideias com um teclado, um pedal de loop e uma série de fitas cassete tocando loops de barulhos ambiente. Uma das músicas que criei com esse set tinha uma parte de cerca de um minuto que parecia encaixar no conceito desta exposição e eu acabei mandando para eles esse trecho.

[bandcamp width=666 height=241 album=868563594 size=large bgcol=ffffff linkcol=0687f5 artwork=small]

Fiquei sem resposta por algumas semanas até que um dia eu recebi um e-mail da curadoria do Museu Judaico falando que minha música tinha sido aprovada e que estaria sendo tocada no Resonant junto com outras pessoas. Eu fiquei sem reação durante alguns longos momentos e, acredito que, até agora eu estou me sentindo dessa forma.

Para muita gente, isso não deve ser nada demais já que outras cem pessoas acabaram participando dessa exposição junto comigo. Porém, eu gosto muito de saber que, mesmo com poucos meses de composições experimentais de noise e sei lá mais o que, acabei conseguindo colocar uma das minhas músicas em um museu. O que é engraçado já que eu ando tocando bateria tem quase vinte anos e mal consegui tocar em um lugar para mais de cinquenta pessoas. Mas a minha primeira tentativa de fazer algo diferente, acaba dando nisso daí.

Há alguns meses, eu me deparei com um open call to Museu Judaico aqui de Berlim. Nesse open call, eles pediam trechos de músicas de até sessenta segundos que seriam inseridos em uma exposição do artista alemão Mischa Kuball. Chamada de Resonant, essa exposição iria usar de liz e de som para explorar a arquitetura de concreto de uma das áreas internas do museu.

Ontem eu fui na abertura da exposição do Resonant e consegui entender melhor o que Mischa Kuball quis fazer com suas luzes nas duas áreas abertas do Museu Judaico. Essas duas áreas são aberturas cercadas de concreto e vem com o simbolismo de mostrar o que já aconteceu com o povo judeu durante sua história. Foi ai que o artista posicionou suas fontes de luz que interagem com a música que toca.

Saindo da exposição, resolvi disponibilizar a música que fiz e colocar tudo junto no meu perfil no Bandcamp. Resolvi chamar esse disco de Resonant Loops e acabei colocando o loop que enviei para o Museu Judaico, uma versão estendida desse loop que se repete sete vezes e a música original de onde eu tirei esse trecho. Usei uma das fotografias que fiz dentro da exposição como arte e pronto. Dessa forma, agora já tenho dois discos disponíveis no Bandcamp, algo completamente inesperado para mim.

Eu sou apenas um dos muitos artistas que participam do Resonant e você pode ver todo mundo que participa dessa exposição clicando aqui. Para escutar melhor Resonant Loops que lancei com variações dessa música, você pode clicar direto no link abaixo.

Resonant Loops do Muqdisho no Bandcamp