blog.ftofani.com / Esse é o blog pessoal do Felipe Tofani. Onde ele escreve e comenta sobre tudo que acha interessante mas não necessariamente é.

Kołysanki do Lux Occulta

Kolysanki do Lux Occulta

Conheci o Lux Occulta há muitos anos atrás mas a banda que toca em Kołysanki só parece ter o mesmo nome em comum com aquela que eu conhecia. Apesar dos mesmos elementos sonoros estarem presentes, parece que os 13 anos que separam os últimos lançamentos dessa banda polonesa causaram uma evolução musical sem precedentes.

Quando conheci o Lux Occulta, fui atraído pela estranha mistura de black metal com elementos de música eletrônica. Algo que, ainda da década de 90, não era tão usado assim. O som que eles faziam era ambiental, meio etéreo e pesado de um jeito que não era muito fácil de identificar por ai. Acredito que eu gostava do questionamento musical que eles impunham em todos que escutavam seus discos. Algo que também era feito por banda como Dødheimsgard, Sigh e Arcturus. Porém, o Lux Occulta de hoje é outra banda.

Se antes a música criada pelo pessoal do Lux Occulta poderia ser classificada como black metal, hoje em dia, essa categorização não faz sentido algum. Kołysanki é uma eclética mistura de música eletrônica, jazz, folk, música ambiente e spoken word. E eu acho que não para só ai não. A cada audição desse disco, entro mais e mais fundo nas músicas e começo a prestar atenção em detalhes que não havia percebido antes. Algo que está acontecendo agora mesmo. Escrevo esse review ao som de Serca tu mają tylko dzwony e ainda não entendi o que está acontecendo nos meus ouvidos.

A música criada pelo Lux Occulta parece viver em outro mundo. Um mundo além das categorizações musicais que temos hoje em dia. Um mundo que ignora todas as obras que a banda poderia ter lançado antes. Apesar de que, mesmo sem a presença massiva de riffs de guitarra e gritos desesperados, a música em Kołysanki continua pesada e densa.

Cada minuto do Kołysanki soa como se um riff sem sentido vá aparecer do nada. Esse disco parece estar contendo alguma coisa que não conseguiu sair direito e eu nem sei direito como explicar isso. Sei que esse disco é uma das melhores surpresas musicais que tive ultimamente e que você precisa escutá-lo o mais rápido possível. É sério.

Kołysanki do Lux Occulta