Skip to content
No final de novembro, fui com o Fotostrasse para Hall in Tirol, uma pequena cidade cheia de história nas montanhas da Áustria. Durante os poucos dias que passei por lá, visitei museus, aprendi sobre o protótipo do que virou o dólar e vi Krampus. E isso acabou se tornando o destaque da viagem.

Krampus em Hall in Tirol

  • Viagem
  • 3 min read

No final de novembro, fui com o Fotostrasse para Hall in Tirol, uma pequena cidade cheia de história nas montanhas da Áustria. Durante os poucos dias que passei por lá, visitei museus, aprendi sobre o protótipo do que virou o dólar e vi Krampus. E isso acabou se tornando o destaque da viagem.

Conheci a tradição alpina de Krampus há alguns anos e sabia que, um dia, faria parte de um Krampusnacht. A noite de Krampus é um dos eventos tradicionais do calendário de natal na região do Tirol e dei sorte de estar por lá quando um desses eventos iria acontecer.

No final de novembro, fui com o Fotostrasse para Hall in Tirol, uma pequena cidade cheia de história nas montanhas da Áustria. Durante os poucos dias que passei por lá, visitei museus, aprendi sobre o protótipo do que virou o dólar e vi Krampus. E isso acabou se tornando o destaque da viagem.

Fui para Hall in Tirol sem nada agendado mas com esperanças de que daria certo. Nossa guia em Hall falou que seria possível ver Krampus nas montanhas, em uma das vilas que cercam a cidade mas ninguém sabia se seria possível devido ao frio e a neve. No sábado a noite, depois de passearmos pela cidade, recebemos a mensagem de que alguém pegaria a gente no nosso hotel e seríamos levados para Tulfes, onde estaria rolando um encontro um pouco diferente.

Nessa vila, Krampus funciona de um jeito um pouco diferente. Tradicionalmente, Krampus desfila pelas ruas da cidade assustando crianças e adultos. Em Tulfes, grupos de jovens criam fantasias, conceitos visuais e cada grupo de jovens desfila numa praça no meio da cidade. É uma espécie de competição natalina bem peculiar. E foi um dos pontos altos de toda essa viagem. Talvez, um dos pontos altos de tudo que já fiz por culpa do Fotostrasse.

Alguns dos grupos tinham coreografias complexas com histórias de sequestros e demônios. Outros era mais simples e caóticos e pareciam um mosh-pit fantasiado num estilo meio Gwar. De qualquer forma, todas apresentações que vimos foram fenomenais e aconselho todo mundo a visitar o Tirol antes do Natal. A noite de Krampus acontece no dia 6 de dezembro mas nem todas cidades funcionam dessa forma.

Saiba mais sobre Krampus e Hall in Tirol no artigo que a Marcela Faé escreveu sobre o assunto no Fotostrasse.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.