blog.ftofani.com / Esse é o blog pessoal do Felipe Tofani. Onde ele escreve e comenta sobre tudo que acha interessante mas não necessariamente é.

Sgùrr do Thy Catafalque

Não sei ao certo quão popular o Thy Catafalque pode ser mas acabei de passar as últimas duas semanas da vida escutando um disco deles e sei que preciso contar para o mundo o que acho dessa obra de arte da música estranha. Sgùrr é o nome desse disco do Thy Catafalque que eu não […]

Read Post / 16/09/2016

This is not supposed to be positive do Hangman’s Chair

This is not supposed to be positive do Hangman’s Chair pode ter surgido na capital francesa, um local famoso pelos jantares a luz de vela e pela aura de romance. Mas não é isso que você vai escutar nesse disco que considero um dos melhores de 2015. O som aqui é de uma melancolia pesada […]

Read Post / 12/08/2016

Melk En Honing do Author & Punisher

Author & Punisher é uma banda de um homem só e esse homem é o americano Tristan Shone. Nessa banda não existem guitarras, baterias ou baixos. Nenhum som aqui é produzido por aqueles instrumentos que nos é familiar. O Author & Punisher é uma banda cujo som é todo gerado por instrumentos criados pelo próprio […]

Read Post / 29/07/2016

A Life Unto Itself do Steve Von Till

A Life Unto Itself não é o primeiro disco do Steve Von Till que mostra o músico numa espécie de fuga do mundo civilizado. Já tem um tempo que ele aceitou o refúgio do mundo selvagem e abandonou o impulso da sociedade moderna em que vivemos. Pelo menos é essa a impressão que tenho ao […]

Read Post / 22/07/2016

Dreamcrash do Grave Pleasures

Descobri o Grave Pleasures tem poucos meses e foi por acidente, ainda por cima. Tinha escutado a versão anterior da banda, conhecida como Beastmilk, e achado bem chatinho. Não sei porque mas não gostei dessa banda. Pronto. Uns meses atrás, lá estava eu lendo sobre a nova formação do Dødheimsgard quando descobri que o vocal […]

Read Post / 8/04/2016

The Congregation do Leprous

Quando se trata de uma banda como o Leprous, minhas expectativas são bem altas. Isso acontece por que os últimos discos desses noruegueses do metal progressivo são fenomenais. Tempos quebrados, guitarras cheias de uma pegada quase jazz e um vocal melodioso que não consigo imaginar como posso gostar. Esse é o Leprous e The Congregation […]

Read Post / 18/03/2016

Purple do Baroness: O Melhor Disco de 2015?

Não são poucas as vezes que eu acabei perdendo o interesse em uma banda por que seus discos começaram a parecer acessíveis demais. Sei que posso soar esnobe quando falo isso mas eu gosto de músicas com sonoridades diferentes e complexas. Apesar disso, preciso dizer que Purple do Baroness é um dos meus discos favoritos […]

Read Post / 11/03/2016

Sun do Secrets of the Moon

Secrets of the Moon é uma banda alemã de black metal que tem mais de vinte anos de história. Por mais que tenha toda essa história, o primeiro disco deles que capturou minha atenção foi Sun, lançado em 2015 e um dos melhores discos do ano para mim. Esse disco foge bastante do que o […]

Read Post / 4/03/2016

The Children of the Night do Tribulation

The Children of the Night é o terceiro disco do Tribulation. Porém, como seus discos anteriores são uma amálgama estranha de estilos musicais, eu consideraria que esse daqui é o primeiro disco deles. Acredito que não devo estar sozinho nessa ideia mas, não estou aqui para escrever sobre essa teoria. Estou aqui para falar sobre […]

Read Post / 27/02/2016

Vænir: O Doom Ultra Pesado dos Suecos do Monolord

Não sei o que anda acontecendo com o mundo que a cada ano que passa sou surpreso com mais uma banda de doom que mostra que podemos fazer música ainda mais pesada. Foi isso que passou na minha cabeça na primeira vez que escutei o Vænir dos suecos do Monolord. Além de ser um dos […]

Read Post / 19/02/2016