blog.ftofani.com / Esse é o blog pessoal do Felipe Tofani. Onde ele escreve e comenta sobre tudo que acha interessante mas não necessariamente é.

Google Photos – Como o Google resolveu nosso problema de backup fotográfico

Google Photos - Como o Google resolveu nosso problema de backup fotográfico

Passei a usar o Google Photos na semana que ele foi anunciado e indico esse serviço para todo mundo que conheço. Nas últimas semanas, me peguei fazendo isso algumas vezes e, por isso mesmo, resolvi escrever um breve review aqui sobre o serviço de fotos do Google.

Sim, o Google Photos é simples, tem uma navegação intuitiva, um sistema de busca interessante, é fácil de usar em todas as plataformas que tenho aqui e é um ótimo sistema de backup fotográfico. Digo isso sendo um usuário do Flickr de longa data e acredito que o Google conseguiu não apenas superar o Flickr mas como também superou o Dropbox e o Copy ao mesmo tempo.

E isso aconteceu não apenas pelos todos pontos positivos acima mas por um pequeno detalhe que me deixa mais do que satisfeito com o produto. Essa satisfação começa na forma com a qual o serviço transforma a forma de organizar minhas memórias e fotos de um jeito muito simples. No Google photos, eu posso explorar minhas fotos por localização, pessoa ou acontecimento. Natal de 2008? Sim, dá para achar as fotos daquele ano. Fotos de portas? Sim, estão lá. Fotos daquele fim de semana que passei em Campos do Jordão em 2009? Sim, também estão lá e organizadas de um jeito fácil fácil.

Um barco andando pelos canais de Berlin em novembro de 2014

Mas o Google Photos não fica só ai. Ele me presenteia com fotografias e memórias que eu nem sabia mais que existiam. E ele faz isso processando fotos antigas e as transformando em algo novo. Podem ser colagens, pequenas animações e albums que eu nem lembrava mais que existiam. Esses presentes que o aplicativo cria para mim fazem com que eu passa muito mais tempo explorando o que ele faz do que qualquer outro serviço que eu já usei antes.

A Baphomet e o Nergal numa animação direto de 2010.

É complicado explicar direito o que esse lado do produto faz até você testar de verdade. Arrisque o download do Google Photo e passe a usar o melhor serviço de backup fotográfico que já usei. Você não vai se arrepender.

Se você quer ler mais argumentos para passar a usar o Google Photo, leia o que Casey Newton e o que Ryan Gantz escreveram para o The Verge.