blog.ftofani.com / Esse é o blog pessoal do Felipe Tofani. Onde ele escreve e comenta sobre tudo que acha interessante mas não necessariamente é.

Relembrando o Troublegum do Therapy?

Apesar desse disco ter se perdido nos anos noventa de muita gente, o Troublegum ainda toca em casa muito mais do que muita gente espera. O som é alto, meio sujo e quase punk e eu adoro mesmo sabendo que eles estão mais próximos de um Green Day do que das bandas que eu escuto […]

Read Post / 10/03/2017

Sgùrr do Thy Catafalque

Não sei ao certo quão popular o Thy Catafalque pode ser mas acabei de passar as últimas duas semanas da vida escutando um disco deles e sei que preciso contar para o mundo o que acho dessa obra de arte da música estranha. Sgùrr é o nome desse disco do Thy Catafalque que eu não […]

Read Post / 16/09/2016

This is not supposed to be positive do Hangman’s Chair

This is not supposed to be positive do Hangman’s Chair pode ter surgido na capital francesa, um local famoso pelos jantares a luz de vela e pela aura de romance. Mas não é isso que você vai escutar nesse disco que considero um dos melhores de 2015. O som aqui é de uma melancolia pesada […]

Read Post / 12/08/2016

Melk En Honing do Author & Punisher

Author & Punisher é uma banda de um homem só e esse homem é o americano Tristan Shone. Nessa banda não existem guitarras, baterias ou baixos. Nenhum som aqui é produzido por aqueles instrumentos que nos é familiar. O Author & Punisher é uma banda cujo som é todo gerado por instrumentos criados pelo próprio […]

Read Post / 29/07/2016

A Life Unto Itself do Steve Von Till

A Life Unto Itself não é o primeiro disco do Steve Von Till que mostra o músico numa espécie de fuga do mundo civilizado. Já tem um tempo que ele aceitou o refúgio do mundo selvagem e abandonou o impulso da sociedade moderna em que vivemos. Pelo menos é essa a impressão que tenho ao […]

Read Post / 22/07/2016

Something I Can Never Have

Não lembro direito como conheci o Nine Inch Nails mas acredito que isso deva ter acontecido na trilha sonora de Assassinos Por Natureza, em meados de 1994. Lembro que minha percepção musical do que poderia ser considerado música mudou na hora que eu escutei esse disco pela primeira vez. Eu já era fã do filme […]

Read Post / 20/07/2016

Kołysanki do Lux Occulta

Conheci o Lux Occulta há muitos anos atrás mas a banda que toca em Kołysanki só parece ter o mesmo nome em comum com aquela que eu conhecia. Apesar dos mesmos elementos sonoros estarem presentes, parece que os 13 anos que separam os últimos lançamentos dessa banda polonesa causaram uma evolução musical sem precedentes. Quando […]

Read Post / 15/07/2016

Dreamcrash do Grave Pleasures

Descobri o Grave Pleasures tem poucos meses e foi por acidente, ainda por cima. Tinha escutado a versão anterior da banda, conhecida como Beastmilk, e achado bem chatinho. Não sei porque mas não gostei dessa banda. Pronto. Uns meses atrás, lá estava eu lendo sobre a nova formação do Dødheimsgard quando descobri que o vocal […]

Read Post / 8/04/2016